Um homem de 49 anos foi preso depois de se passar por um militar da Força Aérea Brasileira

Um homem de 49 anos foi preso depois de se passar por um militar da Força Aérea Brasileira e até piloto de avião para seduzir mulheres e aplicar golpes. Segundo a Polícia Civil, o homem dizia que era militar da aeronáutica e vendia um benefício aéreo para a pessoa, que custava de R$ 8 mil a R$ 10 mil reais, com a promessa de que ela poderia viajar o mundo todo.

As vítimas eram escolhidas por meio de aplicativos de relacionamento. Uma delas chegou a ter um relacionamento de um ano com o suspeito. Ele foi preso suspeito de praticar crimes de violência psicológica, injúria e estelionato.

Além do caso investigado em Aparecida de Goiânia, o homem é suspeito de ter cometido golpes em Goiânia, Minas Gerais e Brasília.

Tags

Compartilhe:

Continue Conectado