Operação investiga advogada suspeita de repassar fuzil a homem, em Goiânia

A Polícia Federal realiza uma operação que investiga uma advogada suspeita de repassar um fuzil a um homem, em Goiânia.  A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado cumpre, na manhã desta terça-feira, 19, dois mandados de busca e apreensão em endereços ligados à advogada.

O homem foi preso em flagrante pela Polícia Militar com um fuzil, no dia 29 de novembro deste ano, no Setor Parque Santa Rita, na capital. Ele confessou ter sido pago por um integrante de um grupo criminoso para pegar o fuzil com a advogada e entregá-lo a outro integrante em um local e data que ainda seriam definidos.

Além da Polícia Federal, atuaram na operação a Polícia Rodoviária Federal, Secretaria Nacional de Políticas Penais, Polícia Militar, Polícia Militar e Polícia Penal.

Compartilhe:

Continue Conectado