Mitsubishi quer atingir até 2032 a produção de 50 mil veículos

A fábrica da HPE em Catalão, sul de Goiás, que produz as marcas Mitsubishi e Suzuki, está investindo 4 bi e negociações com fornecedores para QUER  por ano, palavras de Mauro Correia, presidente. O crescimento será paulatino, ano a ano, a produção prevista para 2024 é de 21.600 veículos e a unidade tem capacidade para 120 mil. Está no projeto o que ele chama de forte trabalho de nacionalização de componentes, a princípio pneus, vidros, bancos, rodas e sistemas de exaustão ainda que seja difícil localizar fornecedores para bloco do motor, pistão, sistema de freios e sistema de alimentação de combustível que atendam às exigências da matriz japonesa. Confirmado para este ano o lançamento do primeiro veículo nacional fruto do investimento de 4 bilhões de reais.

De acordo com a HPE, os R$ 4 bilhões serão direcionados para diversas adequações na unidade industrial entre as quais estão a produção de novos produtos e desenvolvimento de novas tecnologias híbridas e flex.

Os investimentos também serão aplicados no financiamento de pesquisas e estudos para a criação de sistemas de produção cada vez mais sustentáveis e também em treinamentos para a adequação e capacitação do efetivo de fábrica.

“Os investimentos proporcionarão mudanças muito benéficas para parte importante da força de trabalho na região de Catalão, cuja principal atividade econômica está na indústria automotiva”, afirma o CEO da HPE, Mauro Luís Correia.

“Por meio desses investimentos teremos profissionais cada vez mais capacitados e aptos a se desenvolverem dentro de suas carreiras neste segmento”, destaca.

MITSUBISHI EM CATALÃO 

Instalada no município de Catalão, no Sudeste goiano, em 1998, a montadora gera cerca de 12 mil empregos entre diretos e indiretos e comercializa 22 mil veículos por ano.

Em agosto passado, ao completar 25 anos de atividade em solo goiano, a empresa foi visitada pelo governador Ronaldo Caiado. “Temos aqui uma referência mundial. Fiz questão de agradecê-los pela deferência em trazer o que existe de mais moderno em tecnologia. São 25 anos de investimentos do melhor do automobilismo em nosso estado”, afirmou Caiado na oportunidade.

Desde 1998, mais de 800 mil veículos foram comercializados pela marca.

“Goiás tem a agradecer e a somar esforços para que a Mitsubishi continue a desenvolver e a crescer sua linha de produção, já que é uma fábrica moderna, fez vários investimentos nos últimos anos e tem um dos setores de pintura mais modernos do Brasil”, complementa o titular da SIC.

 

Compartilhe:

Continue Conectado