Câmara de Iporá nega pedido de licença do cargo de Naçoitan Leite

O prefeito afastado de Iporá, Naçoitan Leite (sem partido) teve o pedido de licença do cargo de prefeito negado na Câmara dos Vereadores. Apenas dois parlamentares se mostraram dispostos a renovar o pedido contra 11 que optaram por negar.

A licença do prefeito vence no próximo dia 4 de fevereiro, data em que completa um mês que a vice Maysa Cunha (PP) assumiu o cargo.

Sem a concessão do pedido de afastamento, os vereadores podem abrir um novo processo de impeachment contra a gestão, caso Naçoitan não reúna condições de retornar ao cargo dentro de 15 dias. Já existe um processo em tramitação andando no legislativo de Iporá.

Naçoitan se entregou à polícia no último dia 23 de novembro após passar cinco dias foragido. Ele foi filmado por câmeras de segurança quando invadiu a casa da ex-mulher com uma caminhonete e atirou cerca de 15 vezes contra o quarto onde ela e o namorado estavam.

Segundo a investigação, Naçoitan não aceitava o fim do casamento e ainda tentou furtar os aparelhos que registraram o crime.

O prefeito afastado continua preso por tentativa de feminicídio, tentativa de homicídio, porte ilegal de arma de fogo e fraude processual.

Continue Conectado