STJ nega pedido de habeas corpus e prefeito afastado de Iporá continua preso

O Superior Tribunal de Justiça negou o novo pedido de habeas corpus para liberar o prefeito afastado de Iporá, Naçoitan Leite (sem partido) da prisão. A decisão do relator Joel Ilan Paciornik foi divulgada na noite desta quinta-feira, 7, e com essa atualização, Naçoitan continua preso.

A defesa solicitou a liberação com alegações de que o político estava colaborando com as investigações e enfrentava problemas de saúde, visto que ele está internado com suspeita de infarto desde a última quinta-feira, 30.

O político se entregou à polícia no dia 23 de novembro após passar cinco dias foragido. Durante esse período, ele foi afastado da administração municipal de Iporá, que atualmente é gerida pela a vice-prefeita Maysa Cunha (PP).

Ainda nesta quinta, a juíza Izabela Cândida Brito Silva aceitou a denúncia contra Naçoitan por tentativa de feminicídio contra a ex-esposa, tentativa de homicídio contra o atual namorado dela, porte ilegal de arma de fogo e fraude processual.

O prefeito afastado foi filmado por câmeras de segurança quando invadiu a casa da ex com uma caminhonete e atirou cerca de 15 vezes contra o quarto onde ela e o namorado estavam. Ele ainda tentou furtar os aparelhos que registraram o crime.

A Polícia Civil investiga se Naiçotan teve uma rede de apoio enquanto estava foragido.

A defesa do prefeito afastado ainda não se pronunciou. 

Continue Conectado