Servidores da educação estadual anunciam manifestação para esta terça-feira, 12

O Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás (Adufg-Sindicato) e o Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação do Estado de Goiás (Sint-Ifesgo) anunciaram que vão realizar uma manifestação pelo reajuste salarial dos servidores públicos federais.

A ação acontecerá às 8h da próxima terça-feira,12, em frente ao prédio da reitoria da Universidade Federal de Goiás (UFG), no campus Samambaia, em Goiânia. O movimento estudantil também deve participar em apoio aos protestos.

Entre as reivindicações, está melhores condições de trabalho, a aprovação do projeto de lei que prevê a criação da Política Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes), que tramita no Senado, e reajuste salarial uma vez que os servidores ficaram os últimos sete anos sem nenhum reajuste, segundo os sindicalistas.

O movimento é nacional e as entidades reforçam que o governo federal não apresentou propostas de reajuste para o próximo ano. A única informação divulgada até o momento é que há a reserva de R$ 1,5 bilhão para possíveis recomposições, mas o valor não é suficiente para reajustar os salários de todos os servidores visto que só a categoria dos professores deve chegar a janeiro de 2024 com 35% de defasagem, segundo os sindicatos.

Compartilhe:

Continue Conectado