Porteiro de escola investigado por abusar de criança de 5 anos é exonerado, em Nova Veneza

O porteiro de uma escola municipal de Nova Veneza, região metropolitana de Goiânia, foi exonerado após denúncias de que ele teria abusado sexualmente de uma aluna de 5 anos.

Segundo a denúncia registrada pela mãe da menina, o abuso aconteceu durante o recreio. Ao chegar em casa, a criança contou para a mãe que o porteiro tocou nas partes intimas dela enquanto os dois estavam sentados no em um banco da escola.

Em imagens registradas pelas câmeras de segurança é possível ver quando o homem anda de mãos dadas com a menina e eles vão em direção a um banco, embaixo de uma árvore.

Por meio de nota, a Prefeitura de Nova Veneza informou que soube do caso no dia 30 de janeiro e que apura os fatos, mas a exoneração do porteiro foi publicada no dia seguinte e assinado pelo prefeito Valdemar Batista Costa.

O caso segue sob investigação da Polícia Civil.

Compartilhe:

Continue Conectado