Polícia procura homem que usava identidade do irmão

Após a polícia fazer buscas por um casal que teria saído de casa para ir a uma missa de 7º dia e estava desaparecido desde o dia 9 de março, os agentes de segurança descobriram que na verdade Wander José de Jesus é Douglas José de Jesus e que ele foragido da justiça há 28 anos. 

Ele é réu em um caso de duplo homicídio praticado em Quirinópolis em 1996 e desde então assumiu a identidade do irmão mais novo. 

Douglas e Fábia Cristina Santos estão casados há cerca de trinta anos.  À época do crime, ela fugiu com ele, ficaram mais de um ano sem contato com a família e ao retornarem Douglas se tornou Wander.

Segundo um familiar, às 14h17 do dia do desaparecimento, Fábia chegou a enviar uma mensagem para o filho dizendo “Me ajuda”.

Outra mensagem foi enviada e apagada antes que ele pudesse ler.

O que se sabe do paradeiro do casal até agora é que eles abastecerem o carro no Bairro Cidade Jardim no dia do desaparecimento quando estavam a caminho da missa de 7º dia do pai de Fábia e que minutos depois o carro foi multado no km 27 da GO – 469 em Abadia de Goiás. 

O carro estava há 120 km/h em uma via em que o limite de velocidade é de 80km/h

Continue Conectado