Polícia Civil nega ataque hacker no sistema, mas confirma instabilidade

A Polícia Civil de Goiás publicou uma nota confirmando que há uma instabilidade no site da Instituição, em virtude de um problema no servidor, o qual já está sendo verificado e solucionado. A nota também afirma que não houve nenhum ataque hacker ao sistema e reforça que o atendimento não foi afetado em nenhum momento.

O esclarecimento foi publicado após a informações de que um grupo de hacker atacou os sites da Polícia Civil de Goiás, Rondônia e Maranhão nesta segunda-feira, 12.

O intuito do ataque, segundo os hackers era chamar a atenção das autoridades competentes para uma outra organização hacker, chamada Etersec, que estaria agindo em favor de um partido político específico.

O grupo se denomina como uma elite composta por hackers de alto padrão.

A polícia investiga o caso.

Compartilhe:

Continue Conectado