Polícia Civil apura 23 denúncias de crimes contra idosos em Anápolis 

A Polícia Civil de Goiás, desencadeou a Operação Sant’Ana,  nesta sexta-feira, 23, que apura 23 denúncias de crimes contra idosos, como maus-tratos, violência física e psicológica e desvio de aposentadoria. Os alvos estão na zona urbana e rural de Anápolis, incluindo os distritos de Goialândia, Interlândia e Souzânia.

Agentes da Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso de Anápolis – 3ª DRP, prenderam em flagrante, três pessoas, dentre elas, uma mulher de 37 anos, filha de uma idosa de 81, suspeita de agredir  física e psicologicamente a mãe; um neto de 22, por apropriar-se da aposentadoria do avô, de 88, o qual foi encontrado em situação de extrema desnutrição, sujeito a abandono ele ficava trancado sozinho, alimentando-se apenas de bananas; e um homem de 27, genro de uma idosa de 84, que se apropriou da casa da vítima, suspeito de desviar o dinheiro da aposentadoria da idosa e submetê-la a maus-tratos.

De acordo com a corporação, um idoso precisou de atendimento médico e foi encaminhado para um abrigo. Outras quatro vítimas precisaram ser encaminhadas para os cuidados de outros familiares e afastados dos cuidadores.

Dos 23 alvos, 18 casos foram constatados pela operação. Serão instaurados inquéritos policiais para apurar a responsabilidade criminal dos envolvidos.

Continue Conectado