Polícia acredita que suspeitos não tinham intenção de causa intoxicação em 16 crianças de MT

O delegado Waner Neves, que investiga a intoxicação de 16 crianças e adolescentes acredita que os suspeitos não tinham intenção de causar mal às vítimas.

Segundo ele, os suspeitos são catadores de material reciclável e pegaram esses alimentos vencidos de uma loja, pararam no ponto de ônibus e entregaram para as crianças.

Os alimentos estavam com o prazo de validade vencidos, o que motivou a intoxicação.

O caso aconteceu nesta quinta-feira, 06, em Guarantã do Norte, município a 708 km de Cuiabá.

As crianças de 10 a 13 anos foram levadas para hospitais locais. Os quatro suspeitos continuam presos e o caso segue sob investigação.

Compartilhe:

Continue Conectado