Pastor Davi Passamani é preso

A prisão preventiva do pastor evangélico, Davi Passamani, foi autorizada pela justiça de Goiás depois que ele abriu uma nova igreja. O fundador da igreja “A CASA” teria renunciado a presidência da instituição religiosa depois que ele foi denunciado por assédio sexual por uma fiel em 2023.

Segundo a Delegacia de Atendimento á Mulher que pediu a prisão, o acussado representa grave risco a ordem pública, já que o autor praticou o delito sexual valendo-se do seu exercício religioso.

O caso de assédio do pastor Passamani em dezembro de 2023 ganhou destaque nacional depois de dois desembargadores fizeram comentários considerados “potencialmente preconceituosos” pela Corregedoria Nacional de Justiça.

Compartilhe:

Continue Conectado