Goiana fica quatro dias presa após ser confundida com sequestradora na Espanha

Uma garçonete goiana, de 23 anos, denuncia que foi presa por engano na Espanha após ser confundida com uma suposta sequestradora. Maísa da Rocha, relata que passou quatro dias detida após ter sido identificada por uma fotografia por ter o cabelo ruivo.

O caso aconteceu em 7 outubro deste ano.

A jovem conta que uma mulher procurou a polícia para denunciar que uma mulher ruiva, branca e magra tinha tentado sequestrar o neto dela. A polícia começou a fazer buscas e juntar fotos de mulheres com essas características. Foi quando Maísa foi reconhecida, segundo ela, por engano.

A jovem chegou a mostrar para os policiais vídeos que tinha feito no trabalho no mesmo horário do suposto sequestro e negou ter participação na ação, mas acabou sendo presa. A garçonete passou três dias na delegacia e foi transferida para o presídio, onde passou mais um dia.

Maísa relata que só foi liberada após outra mulher ruiva procurar a polícia e confessar que ela que tinha encontrado com a avó da criança.

A jovem, que vive há seis anos com a mãe e a irmã mais nova em Oviedo, na Espanha, perdeu o emprego devido a confusão.

Compartilhe:

Continue Conectado