Empresário corta cabelo de funcionária com faca após descobrir furto em loja de Anápolis

Uma funcionária foi presa suspeita de furtar R$ 2,5 mil reais da loja em que ela trabalhava em Anápolis. Segundo a Polícia Civil, ao descobrir o crime, a empresária discutiu com a mulher, a agrediu com mordidas nos braços e cortou o cabelo dela com uma faca. O crime aconteceu no Jardim das Américas 3ª etapa.

Os furtos eram feitos pelo próprio celular da empresária, através de transferências via PIX há cerca de dois meses.

Em depoimento, a funcionária negou os crimes e disse que foi a empresária quem fazia as transferências de forma equivocada.

Outros funcionários da loja separaram a briga e acionaram a Polícia Militar que levou as duas para a delegacia.

Segundo a apuração, a funcionária trabalhava na loja há 8 meses e foi presa por furto qualificado em flagrante e lesão corporal. Já a empresária assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por lesão corporal e foi liberada.

Compartilhe:

Continue Conectado