Carreteiro é preso por transportar 2,5 mil celulares contrabandeados do Paraguai

Um carreteiro foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Goiás na BR -060 com uma carga de 2.500 aparelhos celulares contrabandeados do Paraguai no valor de R$ 5 mi.

O motorista profissional tem 50 anos, dirigia uma carreta bitrem e disse que não sabia que transportava os produtos.

Segundo o depoimento, ele pegou a carga na fronteira do Paraguai com o Mato Grosso do Sul e que deveria entregar os produtos em um centro de compras em Goiânia, conhecido como camelódromos.

Compartilhe:

Continue Conectado