Bombeiro faz alerta para uso de fogos de artifício

Um dos momentos mais aguardados do ano novo é a queima de fogos de artifício, que acontece em todo o mundo. Esse espetáculo faz parte da tradição das festas que marcam a chegada de um novo ano. Mas, apesar do momento de promessas e comemorações, é preciso tomar cuidado durante o manuseio desses materiais para que não ocorram acidentes. Dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão mostram que, até setembro de 2022, ocorreram pelo menos 263 internações, por causa de incidentes com fogos de artifício.

O Tenente do Corpo de Bombeiros, Kenio Rocha, pontua algumas orientações de como devem ser realizados esses procedimentos “A principal orientação, é seguir o que a regulamentação e uso correto do equipamento indica no próprio produto. Todo material vem a forma de manuseio, seja no manual ou na caixa da embalagem”, diz.

Ele também destaca que é necessário colocar dois fogos consecutivos e que no momento da solta seja em um local aberto, além de longe de rede de alta tensão e material combustível, sem esses cuidados pode ocasionar acidentes com mais facilidade.

O Tenente chama atenção para a união de bebidas alcoólicas e a prática de soltar fogos “O uso da bebida alcóolica te impede ter uma orientação ou uma facilidade com os movimentos. Essa combinação é perigosa já que precisamos ter uma boa coordenação no momento de soltar os fogos, afirma.

Em casos de acidentes, a orientação é lavar o local apenas com água e ligar no telefone do corpo de bombeiros, 193.

Continue Conectado