Vai começar a F200, temporada 2024 do maior campeonato em circuito de rua do Brasil

Tá chegando a hora! Principal categoria em circuito de rua do Brasil, a Fórmula 200 promete grandes emoções para mais um campeonato que abre a temporada no setor jardim Presidente. Definido o local e o traçado da F200, região Sudoeste, prova que abre a temporada de 2024 e que utiliza a ampla e populosa região do Bairro Três Marias. São 870 metros de extensão. Em 2023, Dário Jardim foi o grande campeão, se sobressaindo contra os demais pilotos.

Atual campeão, Dário jardim

Novo Chassis da F200

Para 2024, a F200 chega com algumas mudanças na pontuação, e um novo chassis, Argentino da marca ´´Tenegokart´´ que está em fase de testes no kartódromo de Goiânia e Itumbiara, pela equipe GG preparações. Após negociações com o fabricante Argentino, os organizadores da F200 estão trazendo para a categoria um equipamento com baixo custo, freios a discos na dianteira, eixo 50 milímetros na traseira, e que está sendo desenvolvido para os circuitos da F200.

Chassis em testes para a temporada 2024 da F200

Fabricada com tecnologia de ponta, o novo chassis da F200 vai oferecer alta performance, com design arrojado e vários detalhes para facilitar a preparação e montagem.

Vini Ponce da AMGCup para a F200

Vini Ponce na F200

Nascido em 13 de junho de 2002, Vini Ponce iniciou sua carreira profissional no Kart, em 2011, pela categoria kadett. Em 2014, foi Vice-campeão da Copa São Paulo Light de Kart, na categoria Junior Menor. Já em 2016 atingiu o pódio como Campeão Brasileiro da categoria júnior de kart em Paladino.

Piloto confirmado, Vini Ponce

Vini Ponce volta a acelerar em 2024, inscrito na AMG CUP BRASIL, categoria oficial da Mercedes Benz e na principal categoria em circuito de rua que é a Fórmula 200. Em 2017, o piloto recebeu o título de campeão das Américas de kart, Prêmio FIA 2017/MÉXICO, juntamente com o atual piloto de Fórmula 1, Sergio Perez.

Paulista Vini Ponce

Com diversas vitórias em campeonatos de Kart pelo Brasil, o piloto Vini Ponce decolou para além do mercado automobilístico brasileiro participando, também, de corridas internacionais. Agora, em 2024, Vini Ponce está de volta buscando consolidar a sua carreira profissional de piloto no automobilismo.

Calendário da temporada 2024

Calendário 2024 F200

Serão cinco tapas em Goiânia, nove em cidades do interior de Goiás e uma ainda sem definir a sede, realizadas sempre nos finais de semana de 6as feiras e sábados, a partir das 19 horas e com encerramento pouco além da meia-noite, uma programação que se repete há décadas com regularidade e este ano terá um visual ainda mais atraente. O calendário segue depois do Jardim Presidente com a etapa do Jardim Curitiba dias 5 e 6, Jardim do Cerrado 19 e 20 de abril, 3 e 4 de maio no Bairro Goyá, 17 e 18 de maio a definir e 31 de maio e 1º de junho, em Palmeiras, abrindo a temporada do Interior. 19 e 20 de junho em Uruana, 23 e 24 de agosto em Valparaíso de Goiás, 6 e 7 de setembro em Ipameri, 20 e 21 de setembro em Goianápolis, 4 e 5 de outubro em Orizona, 1º e 2 de setembro em Cristalina e encerramento com grande Festival, de volta a Goiânia dias 13 e 14 de dezembro.

22 pilotos confirmados em 2024

Os organizadores da Fórmula 200 divulgam a lista de pilotos inscritos com o número recorde de 22 participantes, 4 dos quais retornam à categoria depois de anos de ausência, Dimas Sahium, Renato Balestra, Gabriel Correa, Vinny Ponce e Jerry Alexandre.

Pilotos temporada 2023

Além deles, vão alinhar na Formula 200 nesta temporada: Deyvis Luis, Flávio Elias, Victor Martins, Dario Jardim, Romeu Júnior, Iury Bessa, Matheus Borges, Alexandre Remiggi, Edgar Alves, Renato Balestra, Dimas Sahium, Breno Lopes, Leandro Gabriel, Gabriel Corrêa, Jessika Martins, José Henrique, Zander Fábio, Marcelo di Tipra, Vinny Ponce, Jerry Alexandre, Douglas Rodrigues, e o convidado especial, Lisca Borges.

Como foi a temporada 2023

A temporada de Fórmula 200 de 2023 exibiu os melhoramentos técnicos e de estrutura que os organizadores tinham prometido para aperfeiçoar o espetáculo e proporcionar corridas mais seguras e competitivas. As 14 etapas realizadas foram o reflexo desse trabalho. As competições são, por regulamento e tradição, realizadas à noite, a iluminação é decisiva e o número de refletores foi aumentado para cobrir integralmente distâncias de 12 em 12 metros. Medida importante foi a instalação de boxes individuais para cada piloto e as medidas que isolaram as instalações esportivas das destinadas ao público e determinaram credenciamento rigoroso dos componentes das equipes, únicos a terem autorizado o ingresso nessa área. Decisiva a estreia de powertrains absolutamente novos, motores zero completos, da mesma marca e modelo, incluídas plataforma, Centralina e transmissão com a correspondente cessão aos pilotos dos equipamentos antigos para que pudessem treinar sem ônus do desgaste das unidades titulares e a uniformização dos padrões visuais externos e dos pilotos com macacões identificados, homologados pela FIA nos quesitos estéticos e de segurança.

Compartilhe:

Continue Conectado