Mustang GT Performance: o ´´brabo` `chegou ainda mais potente

No ano em que o Mustang comemora 60 anos desde aquele dia em que foi criado e lançado no mercado norte-americano por Lee Iacoca, a Ford lança a sétima geração um modelo que evoca aquele dia em estilo e o sucesso em potência, o GT Performance. Por fora lembra o primeiro Mustang, linhas aerodinâmicas, capô longo, traseira curta e teto baixo e mais potente do que o Mach1, motor Coyote V8, 5 litros, 488 cavalos com 57,5 kgmf de torque, o mais potente a equipar uma versão GT, câmbio automático de 10 velocidades com nova calibração.

Mustang GT Performance: o ´´brabo` `acelera de 0-100 em 4 segundos

Por dentro, a sugestão, estimulada nos releases, de que o motorista está sentando no cokpit de um jato de caça, zero a 100 em 4,3 segundos, seis modos de para personalizar o estilo de condução, freios Brembo a disco nas 4 rodas, sistema amortecimento adaptativo que prevê os buracos e pedras e ajusta a pressão dos amortecedores ao piso e evitar a contaminação ao interior. O GT Performance foi apresentado nos Estados Unidos no 2º semestre do ano passado, chega ao Brasil agora num lote de 200 unidades destinadas a cidadãos ou cidadãs que possuam a disponibilidade de R$ 529 mil reais para receber o carro lá pro final de julho.

A Ford iniciou a venda do Mustang GT Performance e todas as 150 unidades disponíveis foram comercializadas em apenas uma hora. As vendas do modelo foram feitas diretamente nas concessionárias da marca, com previsão de entrega das primeiras unidades até o final de junho.

Mustang GT Performance

As novidades incluem suspensão adaptativa MagneRide com quatro opções de ajuste, sistema de detecção automática de buracos e barras estabilizadoras herdadas do Mach 1, que aumentam a rigidez torsional. Os freios são Brembo de alta performance, tanto na dianteira como na traseira, com discos maiores e pinças com seis e quatro pistões, respectivamente. As rodas exclusivas de 19”, com pneus Pirelli P-Zero 255/40 R19 na dianteira e 275/40 R19 na traseira, contribuem para a excepcional aderência.

O freio de estacionamento eletrônico Drift Brake, que permite fazer manobras de derrapagem controlada das rodas traseiras, é outro recurso novo que amplia o leque de técnicas de pilotagem. Os recursos para pista incluem também o Line Lock para manobras de “burn out”, cronômetros e medidores auxiliares no Track Apps.

O novo Mustang GT vem com seis modos de condução para o motorista calibrar a seu gosto desde a assistência elétrica da direção, a sensibilidade do acelerador, a rigidez da suspensão e o ronco do escapamento, até a aparência do painel de instrumentos para diferentes situações de rodagem. No interior o cockpit totalmente novo, inspirado em caças a jato, transpira tecnologia e performance. As telas de 12,4” e 13,2” do painel de instrumentos e do multimídia SYNC 4 formam um conjunto único, com várias opções de personalização. O pacote inclui também GPS embarcado, Android Auto e Apple CarPlay sem fio, carregador por indução e som B&O de alta qualidade.

O volante esportivo de base reta, com revestimento em couro e aquecimento, oferece excelente empunhadura. Os bancos parcialmente em couro contam com ajustes elétricos, ventilação e aquecimento. Outro recurso novo e divertido – desenvolvido pela engenharia brasileira – é o Remote Rev, que permite ligar e acelerar o motor remotamente pela chave.

Os ítens de segurança incluem monitoramento de ponto cego, assistente de manobras evasivas e sensor de ré, além de piloto automático adaptativo com Stop& Go, frenagem autônoma de emergência, assistente de manutenção e centralização em faixa, entre outros. O esportivo conta ainda com atualizações “over the air” para melhorar a sua segurança e performance ao longo do tempo.

O painel de instrumentos de 12,4” permite selecionar cores e gráficos personalizados, com animações de alta definição inspirados em games, incluindo medidores clássicos do Mustang. Ele pode ser configurado também para operar junto com a tela sensível ao toque de 13,2” do multimídia SYNC 4, formando uma peça única.

Além de comandos de voz, o SYNC 4 tem espelhamento sem fio com Android Auto e Apple CarPlay, GPS embarcado e comandos do ar-condicionado na tela. O sistema de som B&O, de 900 W, vem com 12 alto-falantes, incluindo subwoofer. Há também carregador por indução no console e entradas USB tipo A e C, uma delas instalada próximo ao retrovisor para câmeras e outros dispositivos, evitando fios pendurados na cabine.

O volante esportivo de base reta, inspirado nos modelos de competição, oferece mais espaço para sentar e dirigir. Ele é revestido em couro, aquecido e entre outros comandos incorpora as teclas para troca de marchas “paddle shift”. Os bancos, parcialmente em couro, são ventilados e aquecidos, com ajuste elétrico em seis posições para o motorista e quatro posições para o passageiro.

 

Continue Conectado